Saiba o que é enurese e disfunções miccionais

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico urologista, graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente exerce a função de cirurgião geral, com especialidade em prostatectomia robótica, uma cirurgia minimamente invasiva, contra a cura do câncer de próstata. Com mais de 20 anos de experiência na área, o especialista explica o que é enurese e disfunções miccionais.

A disfunção miccional é um termo utilizado para se referir às alterações no momento de urinar. O problema está relacionado às crianças que têm a eliminação involuntária durante o sono até mais ou menos os 5 anos de idade. Isso ocorre quando a criança não tem controle noturno sobre a urina por mais de seis meses consecutivos. Infelizmente a enurese afeta tanto a bexiga quanto os rins.

O Mestre e Doutor em urologia Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que o normal é que a bexiga esteja coordenada com a uretra e com a musculatura perineal para que a bexiga consiga contrair e eliminar a urina ao mesmo tempo em que o esfíncter e a uretra se abrem. Porém, na disfunção miccional, a urina não consegue ser expelida completamente, de forma que a bexiga se contrai e a uretra não se abre adequadamente. Isso faz com que seja preciso de uma pressão muito grande para eliminar tudo, sem contar quando tudo não acontece de forma involuntária.

As principais causas são:

  • diminuição da capacidade de acordar de um sono muito profundo;
  • produção excessiva de urina pelos rins;
  • bexiga muito reativa, que contrai e expulsa facilmente a urina, mesmo pequenos volumes armazenados;
  • fatores hereditários.

A enurese, então, é observada em outros membros da família, podendo se relacionar com estresse, nascimento de um irmão mais novo, divórcio dos pais, dificuldades escolares ou doenças graves no trato urinário que podem induzir a um caso mais grave.

O tratamento se inicia em casa, dando mais líquido para as crianças durante o dia para reduzir a sede noturna, assim como evitar alimentos ricos em cafeína, como refrigerantes, reforço positivo para as noites secas e incentivo para ir ao banheiro a cada 2 horas pelo menos. O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes diz que tudo isso apresenta uma cura espontânea de 15%, mas em casos persistentes, é recomendado a fisioterapia do assoalho pélvico e a neuroestimulação para ajudar a criança a controlar os músculos e esvaziar a bexiga de forma eficaz.

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Ultimas notícias