Você sabe por que o carvalho é tão usado na confecção de barris para armazenar vinhos?

O empresário Marco Carbonari é especialista em vinhos e possui uma vinícola de origem familiar, a Villa Santa Maria. Dessa forma, apaixonado pela bebida e detentor de grande conhecimento acerca do assunto, o empresário Marco Carbonari fala à nossa redação sobre as propriedades do carvalho que o fazem tão disseminado na confecção de barris para armazenamento e transporte de vinhos.

A tradição de confeccionar barris de carvalho é muito antiga, a árvore possui diversas particularidades que a fazem ideal para essa manufatura. Inicialmente, a produção deu-se por conta da fartura da espécie na Europa, contudo, aos poucos foi visível a maleabilidade e dinamicidade, entre outros benefícios que o material apresentou para com os vinhos.

Os profissionais que cuidavam da bebida perceberam que a bebida em contato com o carvalho sofria alterações interessantes no que tange o aroma e sabor. O especialista em vinhos, Marco Carbonari, diz que por ser uma bebida muito delicada, o vinho, desde o processo de cultivo, à colheita, confecção, armazenagem e distribuição, todos esses estágios influem para o resultado final da bebida.

Dessa forma, o carvalho em contato com o vinho, certamente, influenciará mudanças na bebida, essa dinâmica propicia o amadurecimento do vinho, dessa forma, alteram não só o aroma e o sabor, mas também a textura.

Além disso, Marco Carbonari diz que uma das características dos barris de carvalho é a sua porosidade, considerada ideal para armazenamento do vinho, uma vez que propicia uma pequena evaporação da bebida, dessa forma, há o amadurecimento e desenvolvimento do vinho de forma lenta e gradual.

Existem, aproximadamente, 600 espécies de carvalho, há os tipos principais, contudo, o profissional responsável por produzir a bebida irá direcionar qual será o mais indicado para o armazenamento do vinho.

Get in Touch

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Ultimas notícias